top of page

Uma Carta às Nossas Crianças...

O Portal das Artes abriu as portas e sentimo-nos de coração cheio!

Ao iniciar esta nova jornada dedico 1º blog às nossas crianças, numa carta de compromisso para com elas, e espero que ela possa também ressoar naquela criança que reside dentro de cada adulto à espera do reconhecimento e validação.



Uma Carta às Nossas Crianças...

Só há um sistema educativo em que posso acreditar com todo o meu coração e nesse sistema o verbo educar é sinónimo de amar. Nessa escola tu, a criança, és a prioridade e também guia e guardiã que me lembra a mim, a cada instante, a minha essência mais pura. Porque tu ainda brilhas nessa essência.

Sei que não há fórmulas mágicas nem manuais que nos mostram o “a+b” de como educar e quais as respostas certas em tantos momentos de dúvidas, porque tu és única, porque cada filho, cada pai e mãe são únicos na sua natureza. No entanto... o Amor toca-nos a todos, pequenos e crescidos... e se há uma resposta certa, é essa. A escuta ativa, o interesse genuíno, a partilha e a presença são os momentos em que ficamos ao teu lado, brincando, criando, conversando, escutando, fazendo festinhas na tua cabeça na hora de dormir, que guardarás no teu coração para sempre. São esses momentos mais simples de partilha que mais brilharão nas tuas memórias e nas profundezas das tuas células para sempre e te tornarão uma pessoa mais forte e saudável. O Amor é sempre a resposta, sempre!

Nos dias de hoje, sei e sinto que ser criança pode ser angustiante, a escola atual enfrenta uma verdadeira crise de valores e tornou a ser um mero hábito que te mantem isolada, ocupada e não-participante, pois continua a apostar num modelo que parte do pressuposto que todos aprendem da mesma forma, na mesma medida e com os mesmos interesses.

A falta de tempo e liberdade para te questionares, descobrires o teu próprio valor e o teu "eu", cria muitos medos e anseios... Na maior parte das vezes, já não há tempo para simplesmente ser, ou imaginar e criar, brincar, explorar. Eu sei o quão importante isso é, acredita!

Urge mudar de atitudes, de modelos e criar novas abordagens de uma compreensão mais profunda de quem somos enquanto educadores, pais e modelos, para que te possamos apoiar e suportar-te no teu crescimento mais harmonioso e feliz.

Sou arte-terapeuta, educadora de infância, formadora e mãe e assumo-me defensora de um ensino mais criativo e mais afectivo através de uma grande base espiritual, pois aí somos todos um e é essa a nossa verdade!

Cresci num país que aposta no ensino mais prático e criativo. Aprendi a costurar, jardinar e até cozinhar na escola os trabalhos manuais e as artes faziam sempre parte do currículo básico. E eu acredito nisso!

Acredito que estimular a criatividade e a imaginação é tão ou mais importante do que aprender outras matérias mais “formais”, pois afinal de contas ser criativo é inventar o que ainda não existe, é encontrar caminhos novos, soluções surpreendentes, é ser quem se é.

Um dos grandes génios da humanidade, Albert Einstein afirma que “A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado; a imaginação envolve o mundo.”

Acredito que o sol pode ser pintado de azul ou verde ou outra cor qualquer, e que um elefante cor de rosa pode morar numa árvore e que os traços desenhados falam connosco e podem ser alegres, tímidos, apaixonados, furiosos... Acredito que tu, enquanto criança, podes expressar e explorar o teu imenso Potencial Criativo, e assim crescerás mais feliz em todas as áreas da tua vida.

E é este o meu compromisso para contigo. Pôr em causa a minha atuação profissional todos os dias, conhecer-me melhor e criar espaço interior para que possa verdadeiramente respeitar-te e estar presente.

Comprometo-me a criar uma escola mais justa, real e alegre, um templo que cuida de ti, protege e sustenta a tua luz!

Abraço-te com muito amor!

MárikaMankinen

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page